• .

Como viajar com seu pet?


Viajar com o pet é uma experiência muito agradável para o pet lover e o animal. Afinal, é possível compartilhar experiências novas e momentos agradáveis em lugares diferentes, saindo um pouco da rotina e fortalecendo os laços de amizade. Mas, para que a viagem seja um sucesso, é fundamental estar atento ao transporte de animais.

Existem regras a serem seguidas e cuidados que precisam ser tomados com o intuito de que o pet chegue em segurança ao destino. Além disso, as condições variam muito de acordo com o tipo de voo e, também, da companhia aérea. Portanto, é preciso estar atento para proceder do modo correto.


Documentos necessários para o transporte de animais:


Viagens nacionais Para fazer o transporte de animais, mesmo dentro do Brasil, você precisará de alguns documentos que regularizem a situação do seu pet e atestem que ele pode embarcar no avião. São eles: o documento de vacinação e o atestado de saúde para viagens aéreas.


Documento de vacinação do pet Animais com mais de três meses de idade precisam apresentar o Certificado de Vacinação Antirrábica datado entre 30 dias e no máximo um ano antes da data do embarque.

Se o pet recebeu a dose, mas não é possível comprovar ou o prazo é superior ao estabelecido, deve-se fazer a reaplicação 30 dias antes do voo para que ele possa embarcar. Mas esteja atento ao comprovante de que o procedimento foi feito.


Atestado de saúde Para que seu pet possa embarcar no avião, é preciso comprovar que ele está saudável e em condições de fazer essa viagem. Sendo assim, você terá de levá-lo ao veterinário, para que o profissional emita um Atestado de Saúde para Viagens Aéreas.

Esse documento deve estar datado no máximo dez dias antes do embarque. Além de comprovar para as companhias aéreas que a saúde do seu amigo está bem, trata-se de uma forma de você saber isso e ficar mais tranquilo.

Se o atestado trouxer a informação de que a vacinação antirrábica está em dia, não será necessário apresentar o certificado comprovando o procedimento. Além disso, o passaporte atualizado pelo veterinário também é aceito pelas companhias aéreas em viagens nacionais.


Viagens internacionais No caso dos deslocamentos internacionais, os documentos solicitados para o transporte de animais podem variar bastante a cada país de destino. Por isso, é importante informar-se de antemão para ter certeza do que será necessário e providenciar essa documentação antes da data de embarque. A seguir, você verá alguns documentos que são solicitados.


Certificado Zoossanitário Internacional Também chamado de CZI, o documento é emitido pelo serviço sanitário oficial para atestar a procedência do animal e garantir que ele tenha condições de transitar entre países. Para obter o CZI, é preciso levar o pet ao veterinário e avaliá-lo.

O especialista solicitará diversos exames. Você deve portá-los no dia da consulta com o veterinário do órgão responsável, para que ele faça a emissão do documento.


CVI ou passaporte O CVI é o Certificado Veterinário Internacional, um documento que permite ao pet lover transitar com animais entre países. O Passaporte para Trânsito de Cães e Gatos também cumpre essa função, atestando que todas as exigências sanitárias estão sendo cumpridas e que o animal tem um bom histórico de saúde.

O Atestado de Saúde, o Laudo de Sorologia e a Carteira de Vacinação também podem ser solicitados. Além disso, o microchip ou a tatuagem são recursos interessantes e exigidos algumas vezes, pois atuam como um RG do animal.


Nossa equipe pode lhe orientar em todas as etapas! Fale conosco!



#petlover#pets#ciaagency#ciapersonaltravel#viajarcompet#viagempet#vemcomaaciaagency#personaltravel

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo